quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Interceptações telefônicas: Colombia e Argentina

Duas reportagens publicadas no jornal O GLOBO do dia de hoje (26/2) são de grande importância para que avaliemos o desenrolar do caso dos grampos no cenário brasileiro:

-> Na Argentina, a Corte Suprema veio a declarar inconstitucional a chamada "Lei Espião" que regulamentava as escutas e fora alvo de uma série de protestos por órgãos nacionais e internacionais:

http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/02/25/justica-argentina-derruba-lei-que-permitia-interceptacao-de-comunicacoes-telefonicas-754591187.asp

-> Na Colômbia, a Suprema corte anunciou que vai denunciar à OEA e à ONU a interceptação telefônica ilegal de juízes do tribunal por parte do serviço secreto colombiano, fato que desencadeou uma crise política muito similar àquela que presenciamos nos últimos tempos:

http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/02/26/colombia-juizes-denunciam-governo-754595180.asp

Um comentário:

vitor disse...

será que lá eles acharam o grampo?

aliás, será que o grampo de demostenes e gilmar mendes foi parar na colombia. é, talvez junto com o financiamento das farc, que veja também inventou